Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Abordagem dos profissionais de saúde em instituições hospitalares a crianças e adolescentes vítimas de violência

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marta Cocco | Ethel Bastos da Silva | Alice do Carmo Jahn

Journal: Revista Eletrônica de Enfermagem
ISSN 1518-1944

Volume: 12;
Issue: 3;
Start page: 491;
Date: 2010;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Violência | Saúde da Criança | Saúde do Adolescente | Pessoal de Saúde.

ABSTRACT
O estudo busca analisar o fluxo da assistência em instituições hospitalares a crianças e adolescentes, vítimas desse agravo, eo sentimento despertado nos profissionais diante do fenômeno. Trata-se de estudo descritivo-exploratório, com abordagemquantitativa. Participaram do mesmo, profissionais de saúde que atuavam em instituições hospitalares da região norte doestado do Rio Grande do Sul, num total de 34 profissionais. A coleta de dados foi realizada no período de maio a julho de2008. Para a realização do estudo, estruturou-se instrumento com perguntas fechadas, analisado pela estatística descritiva.Os resultados mostram que, quanto à composição da equipe, 72% dos profissionais eram do sexo feminino e 38%, na faixaetária de 23-30 anos. Quanto à categoria profissional, 59% eram técnicos de enfermagem. Em relação ao fluxo doatendimento dos casos de violência, 31% acionam o Ministério Público; 25% comunicam o Conselho Tutelar e 12%preenchem a ficha de notificação compulsória, comunicam o Conselho Tutelar e prestam assistência. Em relação aossentimentos diante do atendimento, evidenciou-se revolta, indignação, medo e impotência. O estudo possibilitou visibilizar arealidade em que as crianças e os adolescentes vítimas de violência são atendidos, discutindo as intervenções locais eapontando elementos para a ações mais eficazes.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?