Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Abundance and diversity of Euglossina (Hymenoptera: Apidae) from Serra do Tepequém, municipality of Amajari, Roraima, Brazil. = Abundância e diversidade de abelhas Euglossina (Hymenoptera: Apidae) da Serra do Tepequém, município de Amajari, Roraima, Brasil.

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Sílvio José Reis da Silva | Jaime de Liege Gama Neto | Fernanda da Silva Parente

Journal: Agro@mbiente On-line
ISSN 1982-8470

Volume: 7;
Issue: 2;
Start page: 224;
Date: 2013;
Original page

ABSTRACT
The objective of this work was to contribute to the knowledge of Euglossina bees ecology in the Roraima State, Amazon Region, Brazil. A study of the Euglossina bees fauna from Serra do Tepequém, municipality of Amajari was made. The collects of Euglossina bees were carried out in March to May 2011 using traps made with PET bottles containing aromatic baits. The abundance and diversity of Euglossina were verified in primary forest edge, primary forest inside, and in a fragment of altered forest on top of the mountain. About 243 specimens of Euglossina bees were collected, and distributed among 24 species of three genera: Euglossa, Eulaema andExaerete. The predominance was the genus Euglossa followed by Eulaemaand Exaerete. The most abundant species was Euglossa imperialisfollowed by Eulaema meriana and Eulaema nigrita. The greatest species richness was observed on the edge and within the primary forest. In spite of have not been verified difference in average abundance of the species between the sites was noted a decrease of diversity in altered forest fragment, concluding that forest fragmentation is harmful to the diversity of this group of bees. = Com o objetivo de contribuir para o conhecimento da ecologia de Euglossina na Região Amazônica, foi realizado um levantamento da fauna Euglossina da Serra do Tepequém, Município de Amajari, Roraima, Brasil. As coletas de abelhas Euglossina foram realizadas nos meses de março e maio de 2011, com a utilização de armadilhas confeccionadas com garrafasPET contendo iscas aromáticas. Verificou-se a abundância e a diversidade de Euglossina em ambiente de borda e interior de mata primária e em um fragmento de mata alterada no topo da Serra. Foram coletados 243 espécimes de abelhas Euglossina distribuídas em 24 espécies pertencentes a três gêneros: Euglossa, Eulaema e Exaerete. O predomínio foi do gênero Euglossa, seguido de Eulaema e Exaerete. A espécie mais abundante foi Euglossa imperialis (19,7%), seguida deEulaema meriana (18,1%) e Eulaema nigrita (9,46%). A maior riqueza de espécies foi observada na borda e no interior da mata primária. De modo geral não foi verificada diferença na abundância média das espécies entre os pontos de coleta, mas observou-se uma diminuição da diversidade no fragmento de mata alterada, concluindo-se que a fragmentação florestal é prejudicial à diversidade desse grupo de abelhas.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?