Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de milho em diferentes condições ambientais

ADD TO MY LIST
 
Author(s): RIBEIRO PEDRO HÉLIO ESTEVAM | RAMALHO MAGNO ANTONIO PATTO | FERREIRA DANIEL FURTADO

Journal: Pesquisa Agropecuária Brasileira
ISSN 0100-204X

Volume: 35;
Issue: 11;
Start page: 2213;
Date: 2000;
Original page

Keywords: Zea mays | fatores ambientais | interação genótipo x ambiente | espiga | peso

ABSTRACT
O objetivo deste trabalho foi estudar os fatores de adaptabilidade e estabilidade de 20 genótipos de milho (Zea mays L.), divididos em quatro grupos genéticos (híbridos simples, duplos e triplos e cultivares de polinização livre), em diferentes níveis de fertilidade, épocas de semeadura e locais do Estado de Minas Gerais. Entre os genótipos avaliadas, o que apresentou maior adaptabilidade foi o híbrido triplo Hatã 3012. Observou-se que a produtividade média dos híbridos triplos foi superior à dos demais grupos. Entre os fatores ambientais estudados, verificou-se que ausência de adubação e semeaduras tardias foram os que mais contribuíram para a diminuição do índice ambiental. As diferentes metodologias usadas para estimar os parâmetros de adaptabilidade e estabilidade, apesar de apresentarem resultados semelhantes, forneceram respostas diferenciadas com relação à inclinação das retas de regressão de alguns genótipos. O nível de fertilizantes e a época de semeadura foram os dois fatores de maior influência na determinação da qualidade dos ambientes.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions