Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Algas verdes coloniais em riachos de Unidades de Conservação do Sul do Brasil: taxonomia e aspectos ecológicos / Colonial green algae from streams of Conservation Units in Southern Brazil: taxonomy and ecological aspects

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Cleto Kaveski Peres | Ciro Cesar Zanini Branco | Aurélio Fajar Tonetto | Régis de Campos Oliveira

Journal: Ambiência
ISSN 1808-0251

Volume: 9;
Issue: 1;
Start page: 83;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Ecballocystis | Tetraspora | ecossistemas lóticos | macroalgas

ABSTRACT
Espécies de algas verdes coloniais de 10 Unidades de Conservação da região Sul do Brasil foram investigadas. As amostragens foram conduzidas em 105 segmentos de riachos consistindo em transeções de 10 metros de comprimento. Além dos dados biológicos, foram mensuradas algumas variáveis ambientais: profundidade, velocidade da correnteza, temperatura da água, turbidez, condutividade específica, pH, oxigênio dissolvido e nutrientes (nitrogênio total e ortofosfato). Foram registradas três espécies de algas verdes coloniais [Ecballocystis pulvinata Bohlin var. pulvinata, Tetraspora gelatinosa (Vaucher) Desvaux e Tetraspora lubrica (Roth) C. Agardh] as quais foram descritas e ilustradas. Baseando-se nos dados ambientais, foram observados alguns padrões de distribuição ecológica destas espécies, entre os quais a ocorrência de E. pulvinata var. pulvinata em ambientes com temperatura da água e velocidade da correnteza mais elevadas, enquanto as espécies de Tetraspora ocorreram tipicamente em ambientes com valores mais baixos de nitrogênio total, ortofosfato e condutividade específica.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?