Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Análise da vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B em Teresina/PI

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Telma Maria Evangelista de Araújo | Khelyane Mesquita de Carvalho | Rebeca Mendes Monteiro

Journal: Revista Eletrônica de Enfermagem
ISSN 1518-1944

Volume: 14;
Issue: 4;
Start page: 873;
Date: 2012;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Adolescentes | Hepatite B | Vulnerabilidade | Cuidados de Enfermagem.

ABSTRACT
Os adolescentes fazem parte de grupos com elevada suscetibilidade à infecção pelo vírus da hepatite B em função da adoção de comportamentos de risco. Este trabalho objetivou analisar a vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B. Para isso, realizou-se estudo desenvolvido por meio de inquérito epidemiológico com 196 adolescentes de 14 a 19 anos. Os resultados mostraram que 57,1% dos adolescentes já haviam iniciado a vida sexual, destes 45,5% não tinham parceiro(a) estável, 54,5% pertenciam a faixa etária de 14 a 16 anos, 24,1% não usavam preservativo nas relações sexuais, 62,8% referiram não saber da transmissão do vírus da hepatite B e 61,2% não apresentavam cobertura vacinal contra este agravo. Conclui-se que os adolescentes constituem grupo vulnerável à hepatite B, devido a fatores condicionantes e determinantes, tais como desconhecimento sobre a doença, baixa cobertura vacinal, adoção de comportamento de risco e sensação de invulnerabilidade.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?