Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

AS MUDANÇAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS E O ENSINO DE ARTE NO ESTADO DE SÃO PAULO (1981-2000). CHANGES OF PUBLIC POLICY AND THE TEACHING OF ART IN THE STATE OF SÃO PAULO – BRAZIL (1982-2000)

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Francisco Carlos Franco

Journal: Revista Eletrônica de Educação
ISSN 1982-7199

Volume: 7;
Issue: 1;
Start page: 310;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Educação de São Paulo | Políticas Públicas | Ensino de Arte | Education in São Paulo | Public Policies | Art Teaching.

ABSTRACT
Neste artigo propõe-se a descrição do processo histórico e das políticas educacionais que se constituíram na rede pública de ensino, desde o governo de Franco Montoro, no início do processo de redemocratização do país, em 1981, até a reorganização do sistema educacional de São Paulo, iniciada em 1995 no governo de Mário Covas, com a implantação de políticas públicas neoliberais e suas implicações para os profissionais da educação e para ensino de Arte na rede pública paulista de ensino. Constatou-se que as mudanças de políticas públicas afetaram a rotina de trabalho dos professores em sua organização didático-pedagógica, em sua jornada de trabalho e nas condições em que desenvolvem sua ação educativa, sendo que em algumas situações percebeu-se uma valorização dos profissionais e uma intenção de se adequar os espaços educativos para a instituição de uma educação pública de qualidade. Porém, em muitos momentos, as mudanças nas políticas públicas afetaram os professores em um âmbito geral, e os professores de Arte em situações peculiares, que provocaram alterações que prejudicaram sua atuação profissional e em sua carreira, como funcionário da rede pública paulista de ensino. Algumas dessas mudanças, como a progressão continuada, ainda hoje interferem no trabalho educativo dos professores e provocam debates e reações negativas pelo teor de sua proposta e pela forma como foram implantadas.This paper intends to describe the historical process and the educational policies that emerged in the public school system from the government of Franco Montoro, early in the process of democratization of the country in 1981, to the reorganization of the educational system of São Paulo, Brazil, established in 1995 during the government of Mário Covas, with the implementation of neoliberal policies and their implications for education professionals and art teaching in São Paulo public schools. It was found that changes in public policies affected the work routine of teachers, their didactic-pedagogical organization, their working hours and the conditions for development of their educational action. In some cases, an enhancement of the professional and an intention of adapting the educational spaces for the establishment of a quality public education were noticed. However, in many instances, changes in public policies affected teachers in a general in scope, and Art teachers in peculiar situations, what led to changes that have undermined their professional action and career as an employee of São Paulo public schools. Some of these changes, as the continued progression, still interfere with the educational work of teachers, promotes debate and negative reactions by the content of its proposal and the way they were implemented.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program