Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Avaliação pelo P300 de crianças com e sem epilepsia e rendimento escolar

ADD TO MY LIST
 
Author(s): VISIOLI-MELO JUCELEI F. | ROTTA NEWRA TELLECHEA

Journal: Arquivos de Neuro-Psiquiatria
ISSN 0004-282X

Volume: 58;
Issue: 2B;
Start page: 476;
Date: 2000;
Original page

Keywords: epilepsia | potencial evocado | P300 | cognição | rendimento escolar

ABSTRACT
Dificuldade de aprendizagem é situação comum em crianças com epilepsia. Distúrbios da inteligência têm sido associados com epilepsia. O potencial cognitivo (P300) é um adjunto clínico para mensurar neurofisiologicamente o processo cognitivo. Foram estudadas 99 crianças com 10 anos a 11 anos e 11 meses. Do Grupo I, sem epilepsia, faziam parte 64 crianças, das quais 32 com bom rendimento e outras 32 com mau rendimento escolar. Do Grupo II, com epilepsia, faziam parte 35 crianças, sendo 21 com bom rendimento escolar e 15 com mau rendimento escolar. Não foi encontrada diferença significativa na latência do P300 entre os dois grupos. Quando foram estratificados segundo o desempenho escolar, as crianças do Grupo I, com bom rendimento escolar, apresentaram latência do P300 de 336 ms e as com mau rendimento escolar, latência de 382 ms; as crianças do Grupo II, com bom rendimento escolar, apresentaram latência do P300 de 363 ms e as com mau rendimento escolar, latência de 400 ms, com diferença significativa. Essa diferença estava localizada entre as crianças não epilépticas com bom desempenho escolar e as com mau desempenho escolar, epilépticas ou não.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?