Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Avaliação do Programa de intervenção preventiva Sexualidade e Adolescência, com jovens estudantes da periferia do município de Campinas (SP) Evaluation of the preventive Program Sexuality and Adolescence, carried out with students from the periphery of the city of Campinas

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Osmar Ferreira Rangel Neto | Solange L'abbate

Journal: Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade
ISSN 1809-5909

Volume: 3;
Issue: 9;
Start page: 4;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Sexualidade | Adolescente | Vulnerabilidade | Avaliação de Programas | Projetos de Saúde

ABSTRACT
A questão da sexualidade na adolescência é um desafio para a saúde pública, havendo necessidade de desenvolvimento de programas mais efetivos. Para tanto, deve-se compreender a dimensão sociocultural do tema, observando a especificidade dos diferentes contextos nos quais os jovens estão inseridos e que os têm tornado vulneráveis. O programa contou com a participação de 23 estudantes de medicina, três profissionais da Unidade Básica de Saúde local e 170 estudantes de uma escola da periferia. Foi utilizada a metodologia da pesquisa-ação, incluindo como estratégia de trabalho oficinas, entendidas como espaço de aprendizagem compartilhada. Foi realizado um processo de avaliação com objetivo de avaliar o impacto e a efetividade da intervenção. Os resultados mostram que os jovens aprovaram o projeto porque se identificaram como peças fundamentais para a construção do seu conhecimento, compreendendo que o exercício da sexualidade de maneira consciente é um passo fundamental nesta fase e reconhecendo-se, portanto, como sujeitos da própria vida.The question adolescent sexuality poses a challenge to public health that calls for more effective programs. For developing such programs however it is necessary to understand the social and cultural aspects involved in the question and to consider the different specific contexts the young people are living in and that are turning them vulnerable. The program counted with the participation of 23 medicine students, 3 professionals from local Primary Care Units and 170 students from schools in the periphery of the city of Campinas. The methodology used in this study was action research and the strategy chosen were workshops understood as spaces for shared learning in group activities. An evaluation process was carried out for determining the impact and effectiveness of the intervention. The results show that the youths approved the program because they were able to identify themselves as a fundamental part in the construction of knowledge and - understanding that exercising their sexuality in a responsible way as a fundamental step in this phase - they recognized themselves as subjects of their own life.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions