Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Avaliação da reação de crescimento aos desbastes em Pinus taeda L. = Evaluation of the growth reaction to the thinning in Pinus taeda L.

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Vitor Cezar Miessa Coelho | Roberto Tuyoshi Hosokawa

Journal: Agro@mbiente On-line
ISSN 1982-8470

Volume: 4;
Issue: 1;
Start page: 42;
Date: 2010;
Original page

Keywords: Incremento. Povoamento. Produção. = Increment. Population. Production.

ABSTRACT
O presente estudo avalia o manejo de povoamentos de Pinus taeda L. sob quatro diferentes regimes de manejo: Tratamento 1: sem desbaste, povoamento com 32 anos; Tratamento 2: dois desbastes, povoamento com 36 anos; Tratamento 3: três desbastes, povoamento com 32 anos; Tratamento 4: quatro desbastes, povoamento com 30 anos. Foram coletados dados dessas florestas através do Trado de Presller e fatias de árvores derrubadas para Análise de Tronco Parcial. Com esses dados foram ajustadas funções de crescimento e produção de Prodan e Schumacher para o estudo do comportamento do crescimentoao longo do tempo e dentre os diferentes tratamentos. Os dados, na sua maioria, foram melhor ajustados pela função de Prodan. Foi calculada graficamente a idade de máxima produção biológica (MPB), que é indicada pelo ponto de máxima tangência da curva de crescimento e produção. Foi calculada a reação dos desbastes com base nos incrementos periódicos pós desbastes medidos considerando a última intervenção, o período entre as intervenções e o incremento posterior à intervenção, e comparados à idade de MPB. À medida em que avança a idade das árvores, os incrementos periódicos tendem a diminuir em função da entrada da árvore do período de senilidade. Os incrementos periódicos anuais tenderam a decrescer após a idade deMPB calculada. = This study evaluates the management of population of Pinus taeda under four different regimes: Treatment 1: without thinning and the population is 32 years old; Treatment 2:2 thinnings and the population is 36 years old; Treatment 3: three thinnings and 32 years old; Treatment 4:4 thinnings and 30 years old. Data were collected using the Presller’s auger and slices or discs from trees which wich were cut for Partial Log Analysis. With this data the functions for growth and production were adjusted by using Prodan and Shumacker’s function to study the behavior of the growth over time and among the different treatments. It was calculated graphically the age for Maximum Biological Production (MBP) which is indicated by the point of maximum tangency of the growth and production curve. It was calculated the reaction to thinning based on periodic increments measured considering the last intervention, the period between the interventions and the further growth followingthe intervention, and compared to age of the Maximum Biological Production (MBP). Insofar as the trees are becoming older, the periodic annual increments tend to towards to decrease after the calculated Maximum Biological Production (MBP).
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program