Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

AVALIAÇÃO SILVICULTURAL DE Tectona grandis L.f., EM CÁCERES – MT, BRASIL: RESULTADOS PRELIMINARES

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Carlos Aberto Moraes Passos | Leopoldo Bufulin Junior | Maria Rosa Gonçalves

Journal: Ciência Florestal
ISSN 0103-9954

Volume: 16;
Issue: 2;
Start page: 225;
Date: 2006;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: espaçamento | cubagem rigorosa | volume

ABSTRACT
O presente trabalho reporta à avaliação técnica de um povoamento de teca (Tectona grandis L. f.), instalado em Cáceres, MT. As árvores de teca foram plantadas em oito espaçamentos cujas densidades iniciais variaram de 833 a 2.000 plantas por hectare, em fileiras simples e duplas; no delineamento em blocos ao acaso, com três repetições. Os dados foram coletados aos 22 meses de idade, sendo computada a sobrevivência e medido o diâmetro à altura do peito e a altura total das árvores. Ajustou-se uma função para a estimativa do volume do tronco com casca por árvore. Foram estimados, para cada espaçamento o diâmetro médio à altura do peito e as médias da altura, da área basal, do volume do tronco com casca por árvore e por área, e o fator de forma. O modelo de melhor ajuste para avaliação de volume do tronco com casca por árvore foi o logarítmico. O diâmetro médio à altura do peito, as médias da altura total, sobrevivência, volume do tronco com casca por árvore e a forma das árvores não apresentaram diferenças entre os espaçamentos. A altura total, a área basal e o volume do tronco com casca por área foram diretamente proporcionais ao número de árvores por área (densidade).
Affiliate Program     

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil