Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Balanços metabólicos de suínos alimentados com rações referências e inclusões de farelo de soja Substitution of reference rations by soybean meal over metabolic balances in swines

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Doglas Batista Lazzeri | Paulo Cesar Pozza | Magali Soares dos Santos Pozza | Luis Daniel Giusti Bruno | Tiago Júnior Pasquetti | Leandro Dalcin Castilha

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 12;
Issue: 4;
Date: 2011;
Original page

ABSTRACT
Objetivou-se avaliar dietas referências e inclusões de farelo de soja como ingrediente teste sobre o balanço metabólico de suínos. Foram utilizados 24 suínos mestiços, machos castrados, peso médio inicial de 29,01 ± 3,64kg, distribuídos em um delineamento em blocos casualizados, em esquema fatorial 2x2 + 2 (duas rações referência e dois níveis de substituição do alimento teste), mais dois tratamentos adicionais. A metodologia utilizada foi a coleta total de fezes, e a urina filtrada e coletada diariamente. Para avaliar o teor de nitrogênio da ureia plasmática, amostras de sangue foram obtidas mediante punção na veia jugular. Foram determinados os coeficientes de digestibilidade e metabolizabilidade da energia bruta, os valores de energia digestível e metabolizável e o balanço de nitrogênio. As variações das médias dos coeficientes de digestibilidade da energia bruta estão associadas às diferenças na digestibilidade dos nutrientes que constituem a matéria orgânica. Os valores médios de energia digestível também foram significativos para os dois níveis de substituição. Em relação à eficiência de utilização de nitrogênio, melhor resultado foi obtido para a ração que continha o menor nível de proteína bruta, uma vez que houve interação significativa (P=0,01) entre os fatores estudados, sendo que a substituição de 15% do alimento teste apresentou o melhor resultado. Concluiu-se que os níveis de substituição do farelo de soja, nas rações referências, influenciaram os valores de energia digestível para suínos, e a ração teste, contendo um nível de proteína bruta próximo da recomendação, proporcionou otimização na eficiência de utilização do nitrogênio.The objective of this study was to evaluate the reference diets and inputs of soybean meal as test ingredient on the metabolic balance in swines. Twenty four crossbred barrows with initial weight of 29.01 ± 3.64kg were used, allotted in a randomized blocks design in a 2x2 + 2 factorial scheme (two reference rations and two levels of substitution for the test food), plus two extra treatments. The methodology used was the total collection of feces, and the urine was daily filtered and collected. Blood samples were obtained from puncture in the jugular vein to evaluate the levels of plasma urea nitrogen. The digestibility and metabolizability coefficients of gross energy were determined, as the digestible and metabolizable energy values and the nitrogen balance. Variations of DCGE mean are associated with differences in the digestibility of the nutrients that make up the organic matter. The average DE values were also significant for both levels of substitution. The best result for nitrogen utilization efficiency (NUE) was obtained for the diet containing the lowest level of CP, since there was a significant interaction (P=0.01) among the factors evaluated, and the replacement with 15% of the test food had the best result. It was concluded that the substitution levels of soybean meal in references diets influenced the digestible energy for swines and test diet containing a crude protein level close to the recommendation provided an optimization in the efficiency of nitrogen utilization.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Affiliate Program