Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

<b>O projeto político-pedagógico dos movimentos sociais: o que a educação formal tem para aprender com eles?</b>

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Ane Carine Meurer | Cesar De David

Journal: Educação : Revista do Centro de Educação UFSM
ISSN 0101-9031

Volume: 37;
Issue: 3;
Start page: 509;
Date: 2012;
Original page

ABSTRACT
http://dx.doi.org/10.5902/198464444881 O presente artigo pretende discutir as rupturas existentes entre a escola formal e a pedagogia dos movimentos sociais, enfocando, de forma particular, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Queremos chamar a atenção para a possibilidade das escolas formais, em seus projetos político pedagógicos, reconhecerem as possibilidades de troca de saberes que os movimentos sociais oferecem. Tentamos, pois, resgatar algumas abordagens que definem o que são os movimentos sociais e as suas práticas pedagógicas, tendo como referência o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a fim de que o conhecimento amealhado pelo movimento possa ser aprendido pela escola formal, enriquecendo sua leitura e escrita de mundo. Palavras-chave: projeto político-pedagógico; escola; movimentos sociais; educação do MST.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?