Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Buspirona aumenta a densidade de receptores dopaminérgicos D2- símile em corpo estriado de rato

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Lima Vera Targino Moreira | Macêdo Danielle Silveira | Nogueira Carlos Renato Alves | Vasconcelos Silvânia Maria Mendes | Viana Glauce Socorro de Barros | Sousa Francisca Cléa Florenço de

Journal: Arquivos de Neuro-Psiquiatria
ISSN 0004-282X

Volume: 60;
Issue: 1;
Start page: 38;
Date: 2002;
Original page

Keywords: receptores dopaminérgicos | buspirona | corpo estriado

ABSTRACT
Buspirona (busp) é um derivado piperazinil com propriedades ansiolíticas que atua como agonista parcial nos receptores serotonérgicos (5-HT1A) e que tem afinidade por receptores dopaminérgicos D2-símile (RD2). O objetivo desse estudo foi verificar os efeitos da busp nos RD2 em corpo estriado de ratos. Ratas Wistar, fêmeas (150-200 g) foram tratadas com busp (5 e 10 mg/kg, v.o.) 1 ou 2 vezes por dia durante 7 dias. Controles receberam salina. A densidade dos receptores D2 foi determinada através de ensaios de binding em CE de rato usando [³H]-espiroperidol como radioligante. Nenhuma alteração nos valores de Bmax e Kd foi observada depois da administração de buspirona uma vez ao dia. Contudo, foi verificado aumento de 55% na densidade dos receptores D2 após a administração de buspirona 2 vezes por dia sem nenhuma alteração nos valores de Kd. Os resultados mostraram que a busp interage não somente com o sistema serotonérgico mas também com o sistema dopaminérgico.
Affiliate Program     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona