Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Características da produção científica em capital intelectual: um estudo epistemológico no contexto nacional e internacional a partir das perspectivas propostas por MARR (2005)

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Donizete Reina | Diane Rossi Maximiano Reina | Sandra Rolim Ensslin

Journal: ConTexto (Porto Alegre)
ISSN 1676-6016

Volume: 11;
Issue: 19;
Start page: 61;
Date: 2011;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Capital intelectual | Estudo epistemológico | Produção científica | Perspectivas propostas por Marr | Contexto nacional e internacional

ABSTRACT
O capital intelectual tem despertado olhares de profissionais, mercado acionário, empresas e diversos estudiosos da área. Tal interesse pode estar intrínseco às características desse tema: multidisciplinaridade, nova fonte de conhecimento que gera vantagem competitiva e potencialidades de retornos anormais para investidores, segundo aponta a literatura. Assim, o objetivo desta pesquisa é identificar, sob o aspecto epistemológico, características da produção científica em capital intelectual nos contextos nacional e internacional. Este estudo se classifica como exploratório, descritivo e qualitativo; possui natureza teórica conceitual e lógica indutiva. O estudo é também documental e adota a técnica de análise de conteúdo. Como principais resultados: (i) no contexto nacional, destaca-se a natureza empírica em relação à teórica, sendo que mais de 95,0% dos trabalhos na perspectiva de Evidenciação e 90,0% na perspectiva Financeira são empíricos; (ii) identificou-se que, no contexto nacional, a perspectiva Estratégica trabalha com modelos de medição e gerenciamento do capital intelectual, bem como metodologias multicritérios, enquanto que no contexto internacional, na perspectiva Estratégica, observou-se a adoção de modelos com base no recurso e conceito (RBV), com base no conhecimento (KBV), balanços ou quadros - Balanced Scorecard (BSC) e modelos específicos de capital intelectual (IC); (iii) quanto aos segmentos econômicos, destaca-se, no contexto nacional, foco no ensino com 13 trabalhos (9,8%). No contexto internacional, os segmentos Financeiro, Bancário, Industrial e Empresas de Alta Tecnologia foram os que mais receberam atenção em relação aos estudos empíricos, representando, nesse sentido, mais de 10,0% dos trabalhos identificados. Conclui-se que as discussões teóricas são pertinentes ou estão relacionadas com as definições sugeridas por Marr (2005) nas dez perspectivas propostas em ambos os contextos.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program