Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Caracterização anatômica e qualidade do carvão vegetal da madeira de pau-jacaré (Piptadenia gonoacantha)

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Renato Augusto Pereira Damásio | Bárbara Luísa Corradi Pereira | Aylson Costa Oliveira | Marco Túlio Cardoso | Benedito Rocha Vital | Ana Márcia Ladeira Macedo Carvalho

Journal: Pesquisa Florestal Brasileira
ISSN 1809-3647

Volume: 33;
Issue: 75;
Start page: 261;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Poder calorífico | Fibras | Densidade da madeira

ABSTRACT
Diante da carência de informação sobre as propriedades da madeira e do carvão de espécies nativas esse trabalho foi desenvolvido com os objetivos de caracterizar a estrutura anatômica da madeira de Piptadenia gonoacantha e determinar o rendimento e propriedades do carvão vegetal. Para a madeira, foram realizadas a descrição anatômica, determinação das dimensões de fibras e vasos, densidade básica e poder calorífico superior (PCS). Para o carvão, foram determinados a densidade aparente, análise química imediata e PCS. O diâmetro médio dos vasos foi igual a 121,30 μm, em número de 15 vasos mm-2. Para as fibras, verificou-se um comprimento de 0,82 mm, largura de 17,54 μm, diâmetro do lume de 8,02 μm, espessura da parede de 4,76 μm, e fração parede de 54,28%. A densidade básica da madeira foi igual a 590 kg m-³ e PCS, 4650 kcal kg-¹. O rendimento em carvão foi igual a 37,10%. Foram verificados 23,26% de materiais voláteis, 2,39% de cinzas, 74,35% de carbono fixo no carvão vegetal, PCS foi igual a 7.719,27 kcal kg-¹ e densidade aparente de 460 kg m-³. A madeira apresentou qualidade satisfatória para a produção de carvão, que atende as exigências do setor siderúrgico.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Affiliate Program