Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Como os professores percebem a violência intrafamiliar

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Tássia Brenner Machado | Cristiane Bottoli Centro Universitário Franciscano

Journal: Barbarói
ISSN 1982-2022

Issue: 34;
Start page: 38;
Date: 2011;
Original page

Keywords: Violência intrafamiliar | Professores | Desenvolvimento infantil | Introdução

ABSTRACT
Esta pesquisa, de cunho qualitativo, objetivou compreender a forma como os professores dos anos iniciais percebem a repercussão da violência intrafamiliar no desenvolvimento dos seus alunos. Foram entrevistadas três professoras que já fazem parte de um projeto de capacitação para lidar com a temática da violência intrafamiliar na escola e outras três que não participam. Todas elas, com mais de dois anos de experiência com anos iniciais, residentes em Santa Maria - RS. A coleta de dados deu-se através de uma entrevistasemi-estruturada. Após utilizou-se, como procedimento, a análise de conteúdo. Os resultados demonstraram que as entrevistadas compreendem bem o conceito de violência e violência intrafamiliar,diferenciando-os. Quatro professoras relataram perceber a violência intrafamiliar na escola e duas não. Sobre o enfrentamento dessa situação, todas as entrevistadas responderam que sondariam a situação, comunicariam a escola e entrariam em contato com os conselhos tutelares. Quanto às influências no desenvolvimento infantil da criança, com relação aos pares, foi bastante enfatizada. Em relação à figura do professor, somente três entrevistadas trouxeram dados referentes a isso e, ainda, no tocante a participação ou não de projetos de capacitação, não houve diferenças significativas. Abstract This qualitative research intended to understand how teachers at first years of school perceive the impact intrafamily violence has on their students’ development. Six female teachers have been interviewed: three participate in a project which aims at enabling professionals to handle intrafamily violence issues in the school environment; the other three do not take part in the project. All six teachers have experience teaching the first years and reside in Santa Maria – RS, Brazil. Data were collected by means of a semi-structured interview. Afterwards, as a procedure, content analysis was carried out. The results obtained demonstrate that the interviewed teachers understand and distinguish the concepts of both violence and intrafamily violence. Four of the teachers reported having observed intrafamily violence at the school, whereas two have not. When concerning handling such situation, all interviewees responded they would investigate it, communicate it to the school and contact guardianship organizations. With regards to the facts that influence child development, the relation amongst peers was emphasized. Only three interviewees brought up data referring to the role teachers play in the teacher-student relation. Furthermore, no significant differences relating to the teachers’ participation or nonparticipation in the project were found.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions