Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

COMPORTAMENTO DE SEMENTES DE GRÃO-DE-BICO NA ARMAZENAGEM

ADD TO MY LIST
 
Author(s): ALMEIDA LUIZ D'ARTAGNAN DE | BRAGA NELSON RAIMUNDO | SANTOS RUI RIBEIRO DOS | GALLO PAULO BOLLER | PEREIRA JOSÉ CARLOS VILA NOVA ALVES

Journal: Bragantia
ISSN 0006-8705

Volume: 56;
Issue: 1;
Start page: 97;
Date: 1997;
Original page

Keywords: germinação | vigor | sementes | grão-de-bico | armazenamento

ABSTRACT
Lotes homogêneos de sementes de grão-de-bico (Cicer arietinum L.) colhidas em quatro locais no Estado de São Paulo, em 1991, foram analisados, no início, quanto à umidade, germinação, vigor e massa de mil sementes. Em seguida, procedeu-se ao armazenamento, por dois anos, nas seguintes situações: (a) em câmara à temperatura de 12oC e 48% de umidade relativa, (b) em laboratório sem controle das condições ambientes. Efetuaram-se testes de germinação e de vigor pelo método de envelhecimento acelerado (42oC/48 horas), aos 6, 12 e 24 meses, a fim de avaliar o comportamento das sementes nas diferentes formas de armazenagem. As sementes colhidas em Campinas revelaram maior massa que as demais, apesar da semelhança entre os lotes, quanto ao teor de umidade. Os índices de germinação e de vigor decresceram de maneira significativa com o tempo de armazenamento. Sementes conservadas em câmara, cujas condições eram controladas, mantiveram melhor qualidade em relação às armazenadas em laboratório. Sementes oriundas de Monte Alegre do Sul mostraram índices de germinação e vigor superiores aos das demais localidades; quanto aos valores menos satisfatórios, pôde-se observá-los no material de Campinas.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?