Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Composição florística e fitossociologia do componente arbóreo das florestas ciliares do rio Iapó, na bacia do rio Tibagi, Tibagi, PR

ADD TO MY LIST
 
Author(s): DIAS MARILDA CARVALHO | VIEIRA ANA ODETE SANTOS | NAKAJIMA JIMI NAOKI | PIMENTA JOSÉ ANTONIO | LOBO PATRÍCIA CARNEIRO

Journal: Revista Brasileira de Botânica
ISSN 0100-8404

Volume: 21;
Issue: 2;
Start page: 183;
Date: 1998;
Original page

Keywords: Phytosociology | riparian forest | Tibagi river basin | Southern Brazil

ABSTRACT
Foram realizados estudos da composição florística e fitossociologia de 1 ha de floresta ciliar do rio Iapó (bacia do rio Tibagi), município de Tibagi, PR (24º31?S e 50º25?W) utilizando-se 100 parcelas contíguas de 10 x 10 m, tendo-se como critério de inclusão um diâmetro à altura do peito (DAP) mínimo de 5 cm. Para cada espécie amostrada foram estimados parâmetros relativos à freqüência, densidade e dominância, além do índice do valor de importância (IVI) e índice do valor de cobertura (IVC). O levantamento resultou em 1594 indivíduos pertencentes a 127 espécies, 81 gêneros e 43 famílias. As espécies mais importantes em IVI e IVC foram Eugenia blastantha, Faramea porophylla, Casearia obliqua, Nectandra grandiflora, Sebastiania commersoniana, Casearia sylvestris e Actinostemon concolor. As três famílias com maior IVI foram Myrtaceae, Lauraceae e Euphorbiaceae, sendo que Lauraceae possui 15 espécies e 142 indivíduos, Myrtaceae, 14 espécies e 280 indivíduos e Euphorbiaceae, cinco espécies e 274 indivíduos. O índice de diversidade de Shannon-Weaver encontrado foi de 3,67.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program