Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

O corpo velho como uma imagem com falhas: a moral da pele lisa e a censura midiática da velhice

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Paula Sibilia

Journal: Comunicação, Mídia e Consumo
ISSN 1806-4981

Volume: 9;
Issue: 26;
Start page: 83;
Date: 2013;
Original page

Keywords: Velhice | Subjetividade contemporânea | Imagem | Visibilidade

ABSTRACT
Na era do “culto ao corpo” e da espetacularização da sociedade, instados a se converter em imagens com contornos bem definidos, os corpos humanos são desencantados de suas potências simbólicas para além dos códigos da “boa aparência”. Nesse contexto e paradoxalmente – meio século após os movimentos de liberação sexual e em plena reivindicação da subjetividade encarnada, com a “expectativa de vida” aumentando sem cessar –, novos tabus e pudores converteram a velhice num estado corporal vergonhoso. Este artigo focaliza as estratégias de censura implícita dos meios de comunicação gráficos e audiovisuais, que evitam mostrar ou retocam as imagens de corpos idosos com técnicas depuradoras e alisadoras, insinuando que ostentá-las espudoradamente equivaleria a praticar uma nova forma de obscenidade, e disseminando essa pedagogia no próprio público
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?