Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Correção do componente p do índice cpos em uma população adulta brasileira

ADD TO MY LIST
 
Author(s): ABREU Mauro Henrique Nogueira Guimarães de | DRUMMOND Sérgio Neves | PORDEUS Isabela Almeida | PAIXÃO Helena Heloísa

Journal: Revista de Odontologia da Universidade de São Paulo
ISSN 0103-0663

Volume: 12;
Issue: 4;
Start page: 323;
Date: 1998;
Original page

Keywords: Epidemiologia | Cárie dentária | Índice CPO

ABSTRACT
A experiência de cárie dentária é mensurada através da utilização de índices, sendo o CPOS um dos mais utilizados para essa finalidade. Diversas são as limitações deste índice, salientando-se o seu componente P. No momento da perda de um elemento dentário são consideradas perdidas, por este indicador, 4 superfícies cariadas nos dentes anteriores e 5 nos elementos posteriores, que nem sempre sofreram o ataque carioso. A necessidade de correção do valor do componente P do índice CPOS foi verificada neste trabalho. Foram avaliados clinica e radiograficamente 177 elementos dentários extraídos de 107 pacientes da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais. O valor da média ponderada do número de superfícies cariadas nos dentes extraídos, considerando o total desta população, foi igual a 3,0. O valor corrigido do componente P correspondeu a 3,5 para o grupo com idade até 35 anos e 2,5 para a faixa etária acima de 35 anos. Nenhuma diferença entre os sexos foi observada. Assim, é correto propor a correção do componente P ao se utilizar o índice CPOS nesta população e em outras populações com semelhante prevalência de cárie dentária.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?