Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

O corredor da moda do norte-noroeste do Paraná à luz dos arranjos produtivos locais

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marcia Regina Gabardo da Camara | Luiz Gustavo Antonio de Souza | Maria Aparecida de Oliveira

Journal: Revista Paranaense de Desenvolvimento
ISSN 0556-6916

Issue: 110;
Start page: 33;
Date: 2011;
Original page

Keywords: Arranjo produtivo local | têxtil-vestuário | corredor da moda | Paraná

ABSTRACT
Este artigo discute o grau de desenvolvimento do corredor da moda do eixo norte e noroeste do Paraná por meio da análise de arranjos produtivos locais, abrangendo as cidades de Cianorte, Apucarana, Maringá e Londrina, a partir dos graus de especialização obtidos pelo cálculo dos quocientes locacionais de emprego e estabelecimentos. Constatou-se que há especialização na região em relação ao Estado, sendo algumas das cidades reconhecidas nacionalmente no setor, além de possuírem sinergias ocasionadas pelas localizações próximas, gerando ganhos para a economia regional. Identificou-se a predominância de etapas da cadeia de forma distinta para cada cidade analisada. Cianorte e Apucarana possuem elevados graus de especialização captados pelos quocientes, enquanto Londrina e Maringá possuem baixa especialização, porém com predominância em quase todas as etapas da cadeia produtiva, característica associada ao elevado grau de diversificação das economias londrinense e maringaense. Conclui-se que houve transbordamento e que as vantagens de aglomerações beneficiam os quatro APLs, dada a proximidade geográfica. Ademais, eles devem ser beneficiados em conjunto pelas políticas públicas para transformar a região em pólo exportador reconhecido no futuro, via implantação de programas como APL (Arranjos Produtivos Locais) e PEIEX (Programa Extensão Industrial Exportadora) nos APLs das quatro cidades que constituem o corredor da moda do Paraná.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program