Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Correlação entre o espectro óptico e a concentração de impurezas no quartzo colorido

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Araújo Fernando Gabriel S. | Cerceau Cristiano R. | Cota André B. | Pereira Breno A.

Journal: Rem: Revista Escola de Minas
ISSN 0370-4467

Volume: 54;
Issue: 4;
Start page: 295;
Date: 2001;
Original page

Keywords: impurezas | espectro óptico | gemas de quartzo

ABSTRACT
Gemas de quartzos naturais branco-leitoso, fumês, ametista, citrino verde e rosa foram caracterizados por espectrometria UV-VIS, microssonda eletrônica, difratometria de raios X e por espectrometria de absorção atômica, com o objetivo de avaliar as fases presentes e as concentrações de impurezas. Para toda a região do visível, o quartzo incolor leitoso apresentou a maior absorção, enquanto os quartzos citrino e enfumaçado apresentaram os menores níveis de absorção. Observou-se a presença de Al em todas as amostras, em quantidades próximas ou superiores à encontrada no quartzo fumê. A concentração de ferro na ametista, no quartzo-citrino e no quartzo verde revelou-se crescente de um tipo para outro. No quartzo rosa translúcido, o titânio foi detectado em quantidades apreciáveis, não tendo sido quantificados o fósforo ou o ferro, de maneira que se pode necessitar de maior investigação para se definir o mecanismo causador de cor, embora ele deva estar seguramente ligado à presença dos íons Ti.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?