Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Desenvolvimento da assistência médica e de enfermagem aos doentes mentais no Brasil: os discursos fundadores do hospício

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Maria Angélica de Almeida Peres | Ieda de Alencar Barreira

Journal: Texto & Contexto Enfermagem
ISSN 0104-0707

Volume: 18;
Issue: 4;
Start page: 635;
Date: 2009;
Original page

Keywords: História da enfermagem | Enfermagem psiquiátrica | Psiquiatria

ABSTRACT
O estudo trata do Hospício de Pedro II como locus de desenvolvimento de saberes e práticas médicas e de enfermagem no Brasil Imperial. Pesquisa histórico-social cujos objetivos são identificar os discursos fundadores do Hospício de Pedro II e analisar a sua importância para a enfermagem pré-profissional no Brasil. Os dados foram provenientes de fontes primárias e secundárias, analisadas segundo os conceitos de Michel Foucault. Quatro discursos estiveram presentes na criação do hospício no Brasil: o discurso da filantropia, representado pela Santa Casa de Misericórdia, o discurso da caridade representado pelas Irmãs de Caridade, o discurso alienista representado pelos médicos dedicados ao estudo da loucura e o discurso do Estado Imperial, representado pelo Imperador D. Pedro II, todos de origem européia. A união desses discursos, embora com interesses distintos, foi responsável pela criação do primeiro hospício e pelo início da assistência médica e de enfermagem aos doentes mentais no Brasil.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?