Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Desenvolvimento de estacas de alamanda amarela sob diferentes concentrações de ácido indolbutírico

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Guilherme Henrique Almeida Pereira, Fernando Silva Coutinho | Renata Aparecida Costa e Silva | Arcângelo Loss

Journal: Comunicata Scientiae
ISSN 2176-9079

Volume: 3;
Issue: 1;
Start page: 16;
Date: 2012;
Original page

Keywords: Allamanda cathartica L. | enraizamento | auxina sintética | AIB | estaquia

ABSTRACT
A utilização de auxina sintética como estimulador do enraizamento em estacas de alamanda podepropiciar aumento de raízes para a formação de mudas comercializáveis. Este trabalho objetivouavaliar o efeito de três concentrações do ácido indolbutírico (AIB) sobre o desenvolvimentode tecido caloso, enraizamento e brotação em estacas basais, medianas e subapicais deAllamanda cathartica. Em outubro de 2008, as estacas foram coletadas, imersas em fungicidaCaptan, tratadas com o AIB e estaqueadas por 45 dias em delineamento de blocos casualizados.Quinzenalmente, avaliou-se o percentual de ocorrência ou não de calos, raízes e brotação.Independente da concentração de AIB utilizada e da variável analisada, as estacas basaise medianas corresponderam aos maiores valores percentuais. Verificou-se que, para estacassubapicais, a aplicação de AIB a 2000 ppm exerce grande influência sobre seu desenvolvimento.Para as medianas não é necessária a aplicação de AIB. Já nas basais, a aplicação de AIB a 250ppm é suficiente para proporcionar desenvolvimento satisfatório de tecido caloso, enraizamento ebrotação, cultivadas por um período mínimo de 30 ou 45 dias.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?