Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Desenvolvimento local - ou sobre exegeses ideológicas, lutas hegemônicas e descaminhos societários Local development - or about ideological exegeses, hegemonic struggles and corporate detours

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Jorge Luiz Alves Natal

Journal: Trabalho, Educação e Saúde
ISSN 1678-1007

Volume: 11;
Issue: 1;
Start page: 207;
Date: 2013;
Original page

Keywords: desenvolvimento local | desenvolvimento econômico | ideologia | políticas públicas e projetos sociais insurgentes | local development | economic development | ideology | public policy and insurgent social projects

ABSTRACT
Este artigo examina a natureza e as implicações do chamado Desenvolvimento Local (DL). Para tal, tendo em vista o também chamado Desenvolvimento Econômico (DE), bem como as transformações estruturais operadas no capitalismo contemporâneo, ele dialoga com temas como "Estruturas produtivas e seus espaços", "Estado e práxis escalares", mostrando a apropriação procedida pelos liberais acerca deles, toda ela orientada para a afirmação de uma dada perspectiva - com pretensões hegemônicas -, a saber: a da inexistência de caminhos societários de desenvolvimento alternativos ao DL. O autor defende ainda que a proclamada modéstia dos partidários do DL não resiste à análise mais séria, nem tampouco seu também proclamado caráter progressista, posto ser essa práxis ora ressurgida, ao fim e ao cabo, uma das faces da hodierna internacionalização do capital. O autor, ainda, igualmente defende que o DE também se afirmou historicamente com as mesmas pretensões exegéticas e hegemônicas, conquanto dos delistas receba tantas e tamanhas críticas mais por suas virtudes que propriamente pelos seus defeitos. Por fim, provocativamente, pergunta se não seria o velho desenvolvimentismo a resistência possível (e não o DL) ou se não seria o caso de se voltar a invocar alguma alternativa verdadeiramente insurgente (?).This article examines the nature and implications of the socalled Local Development (LD). To this end, in view of the also socalled Economic Development (ED), as well as of the structural transformations operated in contemporary capitalism, it converses with themes such as 'productive structures and spaces' and 'State and scalar praxis,' showing the appropriation the liberals have made of them geared to claim a certain perspective - with hegemonic pretensions -, namely the absence of paths for corporate development that could be alternative to LD. The author also argues that the proclaimed modesty of the LD supporters does not stand when submitted to more serious analyses, nor does its also proclaimed progressive nature, since this now resurgent practice, at the end of the day, is one of the faces of today's internationalization of capital. The author also argues that ED affirmed itself historically with the same exegetical and hegemonic pretensions, though from those supporting ED it gets just as much criticism for its virtues as actually for its defects. Finally, the article provocatively asks whether the old developmentalism would be the possible resistance (and not LD), or whether it would be appropriate to re-invoke some truly insurgent alternative (?).
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions