Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

A determinação ontológica das categorias em Hegel e Marx segundo Lukács

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Artur Bispo Santos Neto

Journal: PERI
ISSN 2175-1811

Volume: 3;
Issue: 2;
Start page: 37;
Date: 2011;
Original page

Keywords: Determinações reflexivas | Realidade | Trabalho | G. Lukács.

ABSTRACT
O presente texto tem como objetivo esclarecer a natureza ontológica das categorias na teoria marxiana e como esta tem seu ponto de inflexão na consideração hegeliana das categorias, expressa na Ciência da lógica. Na teoria marxiana, as categorias comparecem como formas moventes e movidas da realidade, contrapondo-se às concepções que tentam erigir os preceitos meramente gnosiológicos como critérios fundamentais de constituição das matrizes categoriais. Apesar das insuficiências do primado hierárquico das determinações lógicas sobre as determinações ontológicas que perpassam a perspectiva hegeliana, é relevante destacar como essa perspectiva se apresenta como a primeira tentativa de constituição dum tratamento correto das categorias, o que lhe confere o posto de descobridora de territórios ainda não explorados e somente levados a sua pertinente elucidação pela mediação da dialética materialista. Nesta, é pertinente observar a relação reflexiva existente entre as categorias simples e as categorias complexas.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions