Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Dimensionamento da população de cães e gatos do interior do Estado de São Paulo

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Alves Maria Cecilia Goi Porto | Matos Marina Ruiz de | Reichmann Maria de Lourdes | Dominguez Margareth Harrison

Journal: Revista de Saúde Pública
ISSN 0034-8910

Volume: 39;
Issue: 6;
Start page: 891;
Date: 2005;
Original page

Keywords: Zoonoses/epidemiologia | Cães | Gatos | Raiva | Imunização em massa

ABSTRACT
OBJETIVO: Estimar a população total de cães e a de gatos com proprietário, visando ao melhor planejamento das ações de controle das doenças que envolvam esses animais. MÉTODOS: O estudo foi realizado no interior do Estado de São Paulo, no período de maio a dezembro de 2002. Foram pesquisados 41 municípios e 100 setores censitários, sorteados por amostragem probabilística, estratificada, por conglomerados em dois estágios. Os estratos foram formados agrupando-se os municípios segundo tamanho da população e condições de vida. Para obter os dados da população canina, foi utilizada a Técnica Pasteur São Paulo, desenvolvida para estimar e classificar os cães segundo graus de dependência e restrição. RESULTADOS: Foram visitados 20.958 domicílios e em 52,6% deles o morador possuía cão. A média de cães por domicílio foi de 1,6. Em relação aos gatos, foram encontrados 4.624 deles, concentrados em 12,6% dos domicílios. Os resultados obtidos apontam para a relação cão/habitante de 1:4,0 e de gato/habitante de 1:16,4. CONCLUSÕES: As razões animal/habitante observadas foram bem mais elevadas do que o esperado. Ao serem incorporadas na avaliação da campanha de vacinação contra raiva canina, evidenciaram padrões mais reais de cobertura, levando à rediscussão das metas de vacinação dos municípios. Foi constatada a existência de associação entre o tamanho do município ou condições de vida da população e o nível de restrição dos cães.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions