Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Dinâmica dos precursores celulares do epitélio olfatório de cães sem raça definida: um estudo imunohistoquímico e ultra-estrutural The dynamic of precursor of the olfactory epithelium of mongrel dogs: an immunohistochemical and ultrastructural study

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Flávio Ribeiro Alves | Tatiana Carlesso Santos | Sandra Freiberger | Carlos Eduardo Ambrósio | Maria Angélica Miglino

Journal: Pesquisa Veterinária Brasileira
ISSN 0100-736X

Volume: 27;
Issue: 9;
Start page: 388;
Date: 2007;
Original page

Keywords: Epitélio olfatório | células basais | células precursoras | método PCNA | Olfactory epithelium | basal cells | precursor cells | PCNA method

ABSTRACT
O epitélio olfatório apresenta um mecanismo de diferenciação em que células-tronco dão origem a células progenitoras amplificadoras, as quais expressam um gene pró-neural denominado Mammalian Achaete Scute Homolog 1 (Mash1). Estas células podem se diferenciar em receptores olfatórios. O epitélio olfatório de cães sem raça definida (3 machos de um ano e 2 fêmeas de três de idade) foi analisado por imunolocalização do antígeno nuclear de proliferação celular (PCNA) e por microscopia eletrônica de transmissão. Verificou-se marcação positiva para PCNA em células do epitélio olfatório, particularmente acima da linha da membrana basal. A ultra-estrutura do epitélio olfatório revelou células adjacentes à lâmina basal, cuja eletrodensidade assemelha-se àquelas presentes no epitélio de sustentação, reforçando a idéia da renovação das células de sustentação e dos neurônios olfatórios locais. O epitélio olfatório é composto células basais, comprometidas com sua renovação, caracterizadas através da intensa atividade mitótica, identificada pela reação positiva ao PCNA. Estes resultados sugerem que há reposição das células sustentaculares locais e do sistema através de mecanismos semelhantes.Olfactory epithelium presents a mechanism of differentiation where stem cells give arise to amplifying progenitor cell which express Mammalian Achaete Scute Homolog 1 (Mash1). These cells can be differentiated into olfactory receptors. An immunolocalization study and ultrastructural analysis by transmission electron microscopy of olfactory epithelium of mongrel dogs were made using 3 males (one year old) and 2 females (three years old). Labeled cells with positive staining by Proliferating cell nuclear antigen (PCNA) were observed in specific areas of the olfactory epithelium, especially above the basal membrane. The ultrastructure revealed cells adjacent to the basal membrane with morphology resembling sustentacular cells, supporting the idea of renewal of sustentacular and olfactory sensorial cells. Olfactory epithelium contains basal cells committed to self-renewal, characterized by high metabolic activity, identified by positive reaction to PCNA. These results suggested the renewal of sustentacular and sensorial olfactory cells through the same pathway.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Save time & money - Smart Internet Solutions