Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Discutindo práticas de educação não escolar a partir de políticas de atenção à juventude / Discussing practices of not schoolar education based on policies for attention to youth

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Dinora Tereza Zucchetti | Belén Pascual Barrio

Journal: Reflexão & Ação
ISSN 0103-8842

Volume: 15;
Issue: 1;
Start page: 142;
Date: 2007;
Original page

Keywords: Política social | Ensino profissional | Jovens | Policies | Non-school education and training | Young people

ABSTRACT
Este artigo discute experiências de trabalho, educação e formação profissional vividas por jovens brasileiros e espanhóis pertencentes a famílias de baixo poder sócioeconômico.Em investigações realizadas nos últimos anos, as autora têm estudado esse grupo geracional em locais meios (não seria melhor usar termos mais específico, como locais, por exemplo) tão diversos como Novo Hamburgo/Brasil e Palma de Mallorca/Espanha. Pretende-se demonstrar como esses jovens transitaram por diferentes experiências de formação/educação profissional, no mundo do trabalho e no âmbito daescola, convivendo com os dilemas de pertencer e não pertencer, experimentando a crescente precarização do trabalho e a inclusão excludente na escola. Também refletimos sobre as suas vivências quando na inserção de projetos sócio educativos e a importância dessas ações entre os jovens. Essas vivências nos permitem discutir sobre práticas de educação não escolar, explorando convergências e divergências existentes entre os pressupostos teórico-filosóficos e metodológicos da educação/pedagogia social no Brasil e na Espanha.Abstract This paper discusses the complex relations among experiences of work, education and occupational training programmes by young people from families of a low social and economic level. In research studies carried out in recent years, we have studied this age group in places as different as Novo Hamburgo in Brazil and Palma de Mallorca in Spain. We aim to show how these young people cope with occupational training experiences in the employment world and in schools, facing the dilemma of belonging and not belonging, finding how increasingly unstable the work situation is, and experiencing a strategy of inclusion in schools that generates alienation. We also reflect on their experiences of integration in socio-educational projects and how important these initiatives are for young people. Based on these experiences, we discuss nonschooleducational and training initiatives, and we explore the similarities and differences between theoretical and philosophical suppositions and methodological approaches to education and social education in Brazil and Spain.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program