Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Distribuição espacial da variabilidade genética intrapopulacional de Dipteryx alata Spatial distribution of intrapopulational genetic variability in Dipteryx alata

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Thannya Nascimento Soares | Lázaro José Chaves | Mariana Pires de Campos Telles | José Alexandre Felizola Diniz-Filho | Lucileide Vilela Resende

Journal: Pesquisa Agropecuária Brasileira
ISSN 0100-204X

Volume: 43;
Issue: 9;
Start page: 1151;
Date: 2008;
Original page

Keywords: autocorrelação espacial | baru | conservação | estrutura familiar | fluxo gênico | RAPD | spatial autocorrelation | baru | conservation | familiar structure | genetic flow | RAPD

ABSTRACT
O objetivo deste trabalho foi avaliar o padrão espacial da variabilidade genética entre plantas, dentro de três populações naturais de barueiro (Dipteryx alata Vogel), pela genotipagem por RAPD e técnicas de autocorrelação espacial. Os cinco iniciadores RAPD permitiram a codificação de 45 locos, utilizados nas análises de diversidade, estrutura e distribuição espacial da variabilidade genética entre populações. As populações apresentaram diversidade genética (Hs) com valor médio 0,314. Verificou-se que 12% da variação total se encontra entre as populações, o que indica que estas mantêm um considerável nível de variabilidade genética. Foi observada tendência de autocorrelação espacial positiva nas primeiras classes de distâncias, nas três populações, o que indica a formação de grupos de vizinhança com estruturação familiar, dentro das populações de barueiro. Entretanto, o tamanho desses grupos de vizinhança varia entre as populações; isso mostra que outros processos ecológicos influenciaram a distribuição espacial da variabilidade genética. As populações naturais de barueiro apresentam consideráveis níveis de diversidade genética, com base nos 45 locos RAPD avaliados.The aim of this paper was to evaluate the spatial pattern of the genetic variability among plants, within local populations of "barueiro" (Dipteryx alata Vogel), using RAPD markers and spatial autocorrelation analyses. The five RAPD primers used allowed the coding of 45 loci used for standard analyses of diversity, structure and spatial distribution of genetic variability within each local population. These populations showed considerable amount of genetic diversity, with an average Hs of 0.314. From the total genetic variation 12% occur among the three local populations studied, indicating that each of these contains a significant amount of variation. Within each population, this variability is structured with significant and positive spatial autocorrelation in the first three distance classes, suggesting the existence of neighbor groups of genetically similar individuals. The size of these neighbor groups, however, varies among local populations; this shows that other ecological components affected the spatial structure of genetic diversity. Natural populations of "barueiro" present considerable levels of genetic diversity, based on 45 RAPD loci analysed.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?