Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Distúrbios psicoafetivos na infância e adolescência: um estudo transcultural

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Coutinho, Maria da Penha de Lima | Ramos, Natalia

Journal: Psico
ISSN 0103-5371

Volume: 39;
Issue: 1;
Start page: 14;
Date: 2008;
Original page

Keywords: PSICOLOGIA INFANTIL | DEPRESSÃO | REPRESENTAÇÃO SOCIAL

ABSTRACT
A depressão encontra-se associada às perturbações do humor de duração variáveis, que é em geral acompanhada por sintomas físicos e mentais, interferindo na forma de sentir, pensar e agir. Este estudo tem como objetivo identificar as representações sociais de crianças acerca da depressão através de uma abordagem transcultural. Participaram desse estudo crianças inseridas no contexto escolar brasileiro e português. Para tanto, utilizou-se os seguintes instrumentos: Children Depression Inventory (CDI) e Associação Livre de Palavras. Os resultados apontam uma prevalência da depressão em crianças brasileiras (11%) e portuguesas (14%). De forma consensual, a depressão emerge como sinônimo de tristeza, doença e choro. A pessoa deprimida é representada como angustiada, que chora, cabisbaixo, desanimada, sem amigo, como auto-imagem negativa (depreciativa), e que chora. Espera-se contribuir na compreensão da etiologia da depressão em contextos culturais diferenciados, bem como, na elaboração de estratégias preventivas para uma melhor qualidade de vida dessa população.
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona