Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Doenças com período de incubação variável em função da fenologia do hospedeiro

ADD TO MY LIST
 
Author(s): BERGAMIN FILHO ARMANDO | AMORIM LILIAN

Journal: Fitopatologia Brasileira
ISSN 0100-4158

Volume: 27;
Issue: 6;
Start page: 561;
Date: 2002;
Original page

Keywords: Xylella fastidiosa | Guignardia citricarpa | Ustilago scitaminea

ABSTRACT
Um período de incubação de cinco dias significa, no contexto da epidemiologia de doenças de plantas, que as infecções que deram origem aos sintomas visualizados no tempo t ocorreram no tempo t-5. Há um grupo de doenças, no entanto, que se comporta de modo diferente, isto é, o momento da infecção não pode ser inferido a partir da visualização dos sintomas. Esse grupo de doenças pode ser dividido, para fins didáticos, em função do órgão da planta que exibe os sintomas: (i) brotações jovens; (ii) perfilhos jovens; (iii) frutos recém-amadurecidos. Nesses três subgrupos, a expressão dos sintomas é função do estádio fenológico do órgão afetado e tem pouca relação com o momento da infecção. Para essas doenças, maior ênfase é recomendada para estudos que visem a identificação da época mais provável de ocorrência da infecção, em detrimento do simples acompanhamento da expressão dos sintomas. Exemplos são apresentados para cada subgrupo e o modelo de crescimento monomolecular é sugerido como o que melhor descreve o progresso da doença em função do tempo para o grupo como um todo.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?