Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

EFEITO DA INOCULAÇÃO COM BRADYRHIZOBIUM SP., NITROGÊNIO E MICRONUTRIENTES NO RENDIMENTO DO GRÃO-DE-BICO

ADD TO MY LIST
 
Author(s): BRAGA NELSON RAIMUNDO | VIEIRA CLIBAS

Journal: Bragantia
ISSN 0006-8705

Volume: 57;
Issue: 2;
Start page: 349;
Date: 1998;
Original page

Keywords: Cicer arietinum | Bradyrhizobium | adubação nitrogenada | micronutrientes | molibdênio

ABSTRACT
A cultura do grão-de-bico (Cicer arietinum L.) inexiste comercialmente no Brasil. No presente estudo, num podzólico vermelho-amarelo em Coimbra, microrregião de Viçosa, Minas Gerais, desenvolveram-se dois experimentos com grão-de-bico: um com o cultivar IAC-Marrocos e o outro com o 'IAC Índia-4'. Os tratamentos constituíram um fatorial 24, no qual os fatores foram: Bradyrhizobium sp. (inoculação das sementes ou não), adubação nitrogenada em cobertura (0 ou 30 kg.ha-1 de N), molibdênio em pulverização foliar, na forma de molibdato de amônio (0 ou 40 g.ha-1) e micronutrientes (aplicação ou não de Zn, B, Cu, Fe, Mn e Mo na forma FTE BR-12). Todas as parcelas receberam o equivalente a 450 kg.ha-1 de superfosfato simples. A inoculação com rizóbio aumentou 104% a produção do cv. IAC Marrocos e 187% a do cv. IAC Índia-4, em relação à testemunha, enquanto o N trouxe aumentos de 22 e 59% respectivamente. Na presença do rizóbio, a adubação nitrogenada não teve efeito. A aplicação do FTE BR-12 apenas teve algum efeito positivo sobre o cv. IAC Marrocos. O Mo via foliar não aumentou o rendimento.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions