Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Efeito da temperatura na germinação de sementes e morfologia da plântula de Maquira sclerophylla (Ducke) C.C. Berg

ADD TO MY LIST
 
Author(s): MIRANDA PEDRO RAIMUNDO MATHIAS DE | FERRAZ ISOLDE DOROTHEA KOSSMANN

Journal: Revista Brasileira de Botânica
ISSN 0100-8404

Volume: 22;
Issue: suppl.2;
Start page: 303;
Date: 1999;
Original page

Keywords: Effect of temperature | germination | seedling | Maquira sclerophylla | Moraceae

ABSTRACT
Maquira sclerophylla é uma árvore de interesse econômico madeireiro, encontrada na floresta de terra firme por toda a bacia Amazônica. Os objetivos deste trabalho foram estudar a morfologia do fruto, da semente e da plântula e observar o efeito de temperaturas constantes entre 10 e 35°C na germinação e formação de plântulas. Os frutos de M. sclerophylla são pseudodrupas globosas contendo uma grande semente também globosa, que representa cerca de 80% da massa fresca do fruto. A germinação é semi-hipogea e fanerocotiledonar, com cotilédones carnosos e viridiscentes. A emergência da radícula ocorreu nas temperaturas entre 15 e 35°C, porém, o desenvolvimento da plântula normal foi observado somente entre 20 e 30°C. Os resultados indicam 30°C como temperatura ótima para a germinação das sementes. Nesta condição, a emergência da radícula ocorreu após 18 dias, em média, e a formação da plântula com raiz primária, epicótilo e o primeiro par de folhas desenvolvidas, cerca de 37 dias após a semeadura.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?