Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Estudo caso-controle de indicadores de abandono em doentes com tuberculose

ADD TO MY LIST
 
Author(s): RIBEIRO SANDRA A. | AMADO VERÔNICA M. | CAMELIER AQUILES A. | FERNANDES MARCIA M.A. | SCHENKMAN SIMONE

Journal: Jornal de Pneumologia
ISSN 0102-3586

Volume: 26;
Issue: 6;
Start page: 291;
Date: 2000;
Original page

Keywords: Prevalência | Grupos diagnósticos homogêneos

ABSTRACT
O abandono do tratamento da tuberculose tem implicações sociais e epidemiológicas. Objetivos: Comparar características de pacientes que abandonaram o tratamento com os que não o abandonaram (controle), matriculados no CS-EPM/Unifesp, no período de 1995 a 1997, e verificar se os grupos educativos de sala de espera diminuíram a ocorrência dos abandonos. Método: Foi realizado estudo retrospectivo controlado com 100 pacientes (38 abandonos pareados para 62 controles) matriculados para tratamento de tuberculose, em que se verificaram as variáveis mais relacionadas ao abandono. Destes, 60 pacientes participaram voluntariamente de grupos educativos (16 abandonos e 44 controles). Resultados: As variáveis mais relacionadas ao abandono foram: sexo masculino, tabagismo, alcoolismo, uso de drogas, presença de fatores de risco para HIV e internação prévia. Os que participaram voluntariamente dos grupos educativos de sala de espera tinham características semelhantes ao total de pacientes estudados, mas houve menor ocorrência de abandono durante o tratamento (p < 0,05). Conclusão: Os autores concluem que, tendo-se amplamente disponíveis os meios para diagnóstico e seguimento dos pacientes com tuberculose, todos os esforços possíveis deverão estar concentrados para evitar o abandono, sobretudo nos pacientes de risco, que deverão ter à sua disposição grupos educativos sobre a doença.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program