Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Estudo epidemiológico de trauma nasal em um ambulatório otorrinolaringológico da zona sul de São Paulo

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Coelho Júnior, Roberto Gaia | Carvalho, Maria Rosa Machado de Sousa | Aquino, José Evandro Prudente de | Fernandes, José Carlos Ramos | Brandão, Fabiano Haddad | Pereira, Salomão Honório | Barbosa, Raquel Teixeira Aversani

Journal: Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia
ISSN 1809-4872

Volume: 12;
Issue: 3;
Start page: 356;
Date: 2008;
Original page

Keywords: Nariz | Trauma | Epidemiologia

ABSTRACT
Introdução: O trauma nasal vem aumentando em freqüência, principalmente nas últimas décadas, associado ao elevado número de acidentes automobilísticos e a violência urbana. Objetivo: Avaliar a relação entre o mecanismo de trauma e o sexo, a freqüência de trauma nasal segundo a idade dos pacientes e o desvio da fratura para direita ou esquerda. Comparar o gênero (masculino e feminino) com violência (agressão) interpessoal. Método: Realizou-se um estudo prospectivo em pacientes com trauma nasal, no período de abril a setembro de 2007, onde se avaliou 100 pacientes do sexo masculino e feminino, de qualquer idade que tiveram somente trauma nasal. Somente 86 foram incluídos na nossa amostra. Os excluídos foram os que apresentavam múltiplas fraturas de face (osso frontal, maxilar e mandibular) e os que se recusaram a participar do estudo. Na avaliação dos pacientes coletamos dados referentes a sexo, idade, mecanismo de trauma e topografia do desvio da pirâmide nasal, estes parâmetros foram submetidos à análise estatística pelo teste do qui-quadrado e revisão da literatura pesquisada através do OVID Medline, Pub-Med, Web of Science nos idiomas inglês e português. Conclusão: Houve uma maior freqüência de trauma nasal nos grupos etários de 11 a 40 anos. Nos dois sexos não houve diferença estatística entre o sexo feminino e masculino em relação ao trauma nasal. Não houve diferenças entre o mecanismo de trauma e nem o tipo do desvio da pirâmide nasal na nossa amostra.
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil