Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Estudo da sobrevida de pacientes com câncer de mama atendidas no hospital da Universidade Federal de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Moraes Anaelena Bragança de | Zanini Roselaine Ruviaro | Turchiello Marcelo Scalvenzi | Riboldi João | Medeiros Lídia Rosi de

Journal: Cadernos de Saúde Pública
ISSN 0102-311X

Volume: 22;
Issue: 10;
Start page: 2219;
Date: 2006;
Original page

Keywords: Análise de Sobrevida | Neoplasias Mamárias | Assistência à Saúde | Saúde da Mulher

ABSTRACT
O objetivo deste estudo retrospectivo de base hospitalar foi descrever as condições de saúde e estimar a sobrevida de 252 pacientes, com diagnóstico prévio de câncer de mama, tratadas e acompanhadas no Ambulatório de Mastologia do Hospital Universitário de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, no período de 1980 a 2000. Para a análise estatística foram utilizados o estimador de Kaplan-Meier e o modelo de Cox. A idade média das pacientes foi 54 anos, sendo que 73,4% apresentaram diagnóstico histológico de carcinoma ductal invasor, 63,9% não apresentaram comprometimento dos linfonodos regionais e 57,6% encontravam-se no estadiamento clínico II. Ao final do estudo, 64,7% das mulheres estavam vivas e sem câncer de mama, e 5,1% morreram por outra causa. A sobrevida estimada em 5 anos, foi de 87,7%, sendo os fatores prognósticos associados: tamanho do tumor (RR = 12,03; > 5cm), comprometimento (RR = 3,08; N1) e número de linfonodos ressecados (RR = 4,66; Nenhum), receptor de estrógeno (RR = 0,34) e c-erbB-2 (RR = 2,51). Com base nos achados deste estudo, destaca-se a importância de ações intensivas de orientação para implementar o rastreamento do câncer de mama, levando a diagnósticos em estádios precoces dessa neoplasia.
Why do you need a reservation system?      Save time & money - Smart Internet Solutions