Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

EVALUATION OF SWINE ORGANIC MATTER ON COMMON BEANS (Phaseolus vulgaris L) YIELD AVALIAÇÃO DO EFEITO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS DE SUÍNOS NA PRODUÇÃO DE FEIJÃO COMUM (Phaseolus vulgaris L.)

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Magda Beatriz de almeida Matteuci | Haroldo Rodrigues da Cunha

Journal: Pesquisa Agropecuária Tropical
ISSN 1983-4063

Volume: 20;
Issue: 1;
Start page: 39;
Date: 2007;
Original page

ABSTRACT
An experiment was carried out to test the effect of organic manure (swine slurry) on common beans (Phaseolus vulgaris L.) grain yield, CV. Carioca, on a red latossol, with low fertility, high acidity (pH = 4.8), medium aluminum toxicity (0.5 me/100 ml), medium contents of P (6.1 ppm) and K+ (53 ppm) and low contents of calcium plus magnesium (1.1 me/100ml) at the Federal University of Goiás, School of Agronomy, Goiânia, Goiás. A randomized block design with four repetitions was used and the treatments: KPK dressing (T1); liming (T2); swine slurry (T3); NPK dressing + liming + swine slurry (T4) and NPK dressing + liming. The following average grain yield (kg/ha) were obtained: T2 (liming) = 400.7; T1 (NPK dressing) = 537.8; T3 (swine slurry) = 576.4; T5 (NPK dressing + liming) = 577.1 and T4 (NPK dressing + liming + swine slurry) = 616.4. The “complete” treatment (T4) showed the highest grain production, whilst the others showed no significant differences among them. However, the treatment with swine slurry gained a productivity of common beans equivalent to that obtained by conventional NPK dressings used in Brazil. Due to its easy obtention, swine slurry can be used as an alternative economic choice for little growers to fertilize their common beans crops. Conduziu-se um experimento para testar o efeito da adubação orgânica (Chorume de suíno) na produção de grãos de feijão-comum (Phaseolus vulgaris L.), CV. Carioca, em um solo LE de baixa fertilidade, elevada acidez (pH = 4,8), toxidez média de A1+ + + (0,5 meq./100ml), com teores médios de P (6,1 ppm) e de K+ (53 ppm) nas dependências da Escola de Agronomia da UFG, Goiânia, Goiás. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, e os tratamentos: adubação NPK (T1), calagem (T2), chorume de suínos (T3), adubação NPK + chorume de suíno + calagem (T4) e adubação NPK + calagem (T5), com 4 repetições. Obtiveram-se as produções médias de grãos + T2 (calagem) + 400,7 kg/ha; T1 (adubação NPK) = 537,8 kg/ha; T3 (chorume de suíno) = 576,4; T5 (calagem + adubação NPK) 577,1 kg/ha; T4 (calagem + adubação NPK + chorume de suíno) = 916,4 kg/ha. O tratamento “completo” - calagem + adubação NPK + chorume de suíno apresentou a produção mais elevada ao passo que os demais não diferiram significativamente entre si. Todavia o tratamento com chorume de suíno proporcionou produção equivalente à obtida com as recomendações convencionais da adubação NPK, nas condições desse experimento. Devido à fácil obtenção do chorume de suíno pode ser uma alternativa econômica de adubação de feijão comum em lavouras de pequeno porte, já que a produtividade obtida se equipara à média nacional (500 kg/ha).
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona