Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

A EVOLUÇÃO DA RSC NO BRASIL ENTRE AS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Ana Gisbert | Vitória Lunardi

Journal: Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade
ISSN 1981-8610

Volume: 6;
Issue: 1;
Start page: 90;
Date: 2012;
Original page

Keywords: O objetivo deste trabalho é analisar os avanços em responsabilidade social no Brasil | enfatizando o tipo de informação apresentada e o nível dos investimentos realizados durante o período 2003-2007. A análise empírica está baseada no conteúdo dos relatórios de RSC publicados pelas empresas com cotação na Bovespa | entre as quais estão as companhias que compõem a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial e Responsabilidade Social Corporativa da bolsa de valores de São Paulo (Bovespa). A amostra analisada está composta por 48 companhias com cotação. Na análise empírica foi analisado o conteúdo dos relatórios anuais das empresas da amostra entre os anos de 2003 e 2007. Todos os projetos em RSC desenvolvidos pelas companhias da amostra foram classificados em 11 categorias | bem como em três grandes grupos de investimento: externo | interno e do meio ambiente. Os resultados deixam evidente a necessidade de potencializar a padronização do formato de apresentação dos relatórios de responsabilidade social corporativa devido à ausência de uniformidade. Observa-se também que as empresas investem em projetos que | na maioria dos casos | estão estritamente relacionados com a atividade principal que desenvolvem. Em relação ao crescimento do investimento | o maior avanço durante o período temporal analisado está no investimento externo | embora o investimento durante o período temporal tenha aumentado de forma considerável. O investimento do meio ambiente é que se manteve estável | devido especialmente a uma significativa redução no setor petrolífero.

ABSTRACT
O objetivo deste trabalho é analisar os avanços em responsabilidade social no Brasil, enfatizando o tipo de informação apresentada e o nível dos investimentos realizados durante o período 2003-2007. A análise empírica está baseada no conteúdo dos relatórios de RSC publicados pelas empresas com cotação na Bovespa, entre as quais estão as companhias que compõem a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial e Responsabilidade Social Corporativa da bolsa de valores de São Paulo (Bovespa). A amostra analisada está composta por 48 companhias com cotação. Na análise empírica foi analisado o conteúdo dos relatórios anuais das empresas da amostra entre os anos de 2003 e 2007. Todos os projetos em RSC desenvolvidos pelas companhias da amostra foram classificados em 11 categorias, bem como em três grandes grupos de investimento: externo, interno e do meio ambiente. Os resultados deixam evidente a necessidade de potencializar a padronização do formato de apresentação dos relatórios de responsabilidade social corporativa devido à ausência de uniformidade. Observa-se também que as empresas investem em projetos que, na maioria dos casos, estão estritamente relacionados com a atividade principal que desenvolvem. Em relação ao crescimento do investimento, o maior avanço durante o período temporal analisado está no investimento externo, embora o investimento durante o período temporal tenha aumentado de forma considerável. O investimento do meio ambiente é que se manteve estável, devido especialmente a uma significativa redução no setor petrolífero.
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?