Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Experiências de aplicação de geotecnologias e modelos na análise de bacias hidrográficas - DOI: 10.7154/RDG.2005.0017.0003

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Sergio Anjos Ferreira Pinto | Gilberto José Garcia

Journal: Revista do Departamento de Geografia
ISSN 2236-2878

Volume: 17;
Start page: 30;
Date: 2011;
Original page

Keywords: Manejo de bacia hidrográfica | Erosão de solo | Geoprocessamento | Sensoriamento remoto | Modelos preditivos.

ABSTRACT
A ocupação das terras por meio de usos múltiplos indica a complexidade e dificuldade na elaboração de propostas para a gestão territorial, tanto em escala local como regional. Em termos específicos do uso da terra, destacam-se, principalmente, os problemas que afetam a agricultura, que têm sido objeto de interesse de instituições e órgãos governamentais voltados ao planejamento e à adoção de políticas agrícolas. Desses problemas, pode-se destacar a ocupação inadequada das terras e a erosão do solo que, acelerada pela ação antrópica, resulta na rápida depauperação dos solos agricultáveis, face às características geo-ambientais das áreas. Observa-se sempre um forte sinergismo entre a dinâmica da ocupação das terras e processos erosivos dos solos. A caracterização e avaliação da dinâmica do uso da terra e dos indicadores da erosão hídrica do solo podem ser conduzidas utilizando-se informações obtidas com técnicas de sensoriamento remoto, tendo como ênfase as fotografias aéreas e imagens orbitais de alta resolução espacial. Outra técnica importante é o geoprocessamento, particularmente os Sistemas de Informações Geográficas (SIG). Estes sistemas de geoprocessamento têm se mostrado competentes para combinar diferentes dados temáticos georeferenciados e gerar novos produtos cartográficos. Estas operações de integração de dados podem ser conduzidas utilizando-se modelos estatísticos pré-existentes. No caso especifico da análise de bacias hidrográficas, têm sido oferecidos modelos preditivos de perda de solo, como por exemplo, a EUPS, MEUPS, SWAT e WEPP. Esses modelos, além de estimar a perda de solo, permitem simular cenários e indicar as classes de capacidade do uso agrícola em determinada bacia hidrográfica. O presente trabalho apresenta um exemplo de abordagem metodológica aplicada à bacia do Rio Corumbataí (na porção centro-leste do estado de São Paulo), com o suporte das técnicas de sensoriamento remoto, SIG e dos modelos preditivos EUPS/MEUPS. As alterações do uso da terra e da cobertura vegetal da bacia estão sendo analisadas para os cenários de 1962, 1972, 1988, 1995 e atual, como base para diagnóstico e prognóstico. An approach on application of Geotechnologies and models on river basin studies Abstract: Soil and water management is an important focus in watersheds environmental studies. Integrated data approaches have been carried out, considering the support of geotechnologies. In this aspect remote sensing and geoprocessing technologies can be used for data acquisition, storage, handling and analysis for watersheds studies. In this presentation, it is exemplified a methodology that combines remote sensing, geographical information systems (GIS) technologies and the Modified USLE predictive model to characterize soil erosion potential and risks. The Corumbatai river basin (central- eastern section of Sao Paulo state – Brazil) is the selected area for this study. Temporal analysis are in progress to indicate the more disturbed situation by antropic activities considering land use and cover changes for 1962, 1972, 1988, 1995 and actual scenarios. DOI: 10.7154/RDG.2005.0017.0003    
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?