Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Fluxo portal de nutrientes em ovinos alimentados para mantença com dietas contendo diferentes níveis de volumosos

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Antonio Ferriani Branco | Gisele Fernanda Mouro | David Lee Harmon | Sabrina Marcantonio Coneglian | Fábio José Maia | Paulo Emílio Prohmann | Wagner Paris

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 10;
Issue: 4;
Date: 2009;
Original page

Keywords: Metabolismo porta-hepático

ABSTRACT
O objetivo com este trabalho foi avaliar o fluxo portal de nutrientes em ovinos alimentados em nível de mantença com proporções crescentes de volumoso na dieta. Foram utilizados três ovinos da raça Suffolk, implantados com três cateteres (veia e artéria mesentérica e veia porta) em um delineamento quadrado latino 3x3. Os tratamentos consistiram na utilização de três níveis de silagem de milho 30, 40 e 50% na matéria seca (MS) da dieta. O fluxo líquido de nutrientes foi calculado pela infusão contínua de ácido para-aminohipúrico, e o fluxo líquido de nutrientes foi calculado usando a diferença artério-venosa para concentração e fluxo plasmático. As concentrações portal e arterial de glicose e nitrogênio -amino (N -amino) não foram influenciadas pelo nível de volumoso na dieta. As médias para os fluxos portais de glicose e N -amino não diferiram entre os tratamentos estudados. Houve efeito quadrático do nível do volumoso sobre as concentrações de uréia no plasma portal e arterial. Não houve diferença entre os tratamentos para a diferença artério-venosa e fluxo portal de uréia. Houve efeito quadrático para a concentração portal, para a diferença venosa arterial e fluxo portal de amônia.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Affiliate Program