Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Fracionamento dos carboidratos e cinética de degradação in vitro da fibra em detergente neutro da extrusa de bovinos a pasto

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Vieira Ricardo Augusto Mendonça | Pereira José Carlos | Malafaia Pedro Antônio Muniz | Queiroz Augusto César de | Gonçalves André Luigi

Journal: Revista Brasileira de Zootecnia
ISSN 1516-3598

Volume: 29;
Issue: 3;
Start page: 889;
Date: 2000;
Original page

Keywords: carboidratos estruturais e não-estruturais | pastos tropicais | ruminantes

ABSTRACT
Os objetivos do presente trabalho foram a caracterização e a determinação das estimativas dos parâmetros relativos à cinética de degradação ruminal dos carboidratos, em amostras de extrusa de animais mantidos em pastagem natural da Zona da Mata (MG), nas estações chuvosa e seca do ano. Para obtenção de amostras representativas, foram usados quatro animais fistulados no esôfago durante dois períodos experimentais na estação chuvosa, e três destes animais por dois períodos experimentais na estação seca, do ano de 1996. Foi efetuado o fracionamento dos carboidratos de acordo com o sistema Cornell e determinadas as taxas de degradação da fibra em detergente neutro (FDN), a partir dos perfis de degradação in vitro deste componente. Foram determinadas as frações potencialmente degradável (B2) e indegradável (C) da FDN, corrigida para proteína e cinzas, e as taxas de latência dinâmica, degradação e crescimento específico dos microrganismos, a partir da fração B2, além dos coeficientes de degradabilidade e do efeito de repleção ruminal da FDN. Observou-se que os carboidratos não-estruturais compreenderam pequena fração dos carboidratos totais nas amostras do pasto, em ambas as estações. Os carboidratos estruturais foram responsáveis pelo aumento no teor de carboidratos totais da extrusa, com a mudança da estação chuvosa para a estação seca; contudo, por causa do aumento da fração C e da menor taxa de crescimento específico dos microrganismos durante a estação seca, foi possível notar redução da degradabilidade e aumento do efeito de repleção ruminal da FDN da extrusa.
Why do you need a reservation system?      Affiliate Program