Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Gênero, maternidade e deficiência: representação da diversidade

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Welter, Ivânia et al.

Journal: Textos & Contextos
ISSN 1679-2041

Volume: 7;
Issue: 1;
Start page: Dados elet;
Date: 2008;
Original page

Keywords: SERVIÇO SOCIAL | REPRESENTAÇÃO SOCIAL | SÍNDROME DE DOWN | DEFICIÊNCIA MENTAL | INCLUSÃO SOCIAL | MÃES - ASSISTÊNCIA SOCIAL

ABSTRACT
Este artigo é parte de pesquisa realizada no Curso de Serviço Social da Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC), Campus de São Miguel do Oeste, tendo como objetivo geral identificar as principais representações sociais de mães cujos filhos têm Síndrome de Down. O interesse pela temática apresentada surgiu a partir de experiências vivenciadas no período de Estágio Curricular, realizado junto à Escola Especial “Viviane” – APAE de São José do Cedro (SC). E, também, pelo fato de o Serviço Social contribuir por intermédio da atuação profissional nas problemáticas ocasionadas pela deficiência mental. O resultado deste trabalho foi constatado através de pesquisa de campo com seis mães que possuem filhos com Síndrome de Down, bem como em referenciais teóricos nos quais foram visualizadas as principais representações sociais que se refletem desde o contato inicial com a deficiência, identificadas através da culpa, negação/aceitação no relacionamento familiar e social e, principalmente, reafirmando a condição histórica e social da mulher/mãe como principal cuidadora do filho com deficiência. Apontamos, dentre as estratégias de enfrentamento da realidade vivenciada pela mulher/mãe, a contribuição de profissionais com preparo técnico, sendo que o assistente social poderá atuar na implantação e implementação de políticas de inclusão social da pessoa com deficiência e sua família.

Tango Rapperswil
Tango Rapperswil

     Save time & money - Smart Internet Solutions