Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Genograma: avaliando a estrutura familiar de idosos de uma unidade de saúde da família

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Sofia Cristina Iost Pavarini | Bruna Moretti Luchesi | Heloise da Costa Lima Fernandes | Marisa Silvana Zazzetta de Mendiondo | Carmen Lúcia Alves Filizola | Elizabeth Joan Barham | Jorge Oishi

Journal: Revista Eletronica de Enfermagem
ISSN 1518-1944

Volume: 10;
Issue: 1;
Start page: 39;
Date: 2008;
Original page

Keywords: Idoso | Características da família | Enfermagem familiar | Programa saúde da família.

ABSTRACT
A atenção à saúde do idoso tem como porta de entrada a Atenção Básica/Programa Saúde da Família. A avaliação da composição familiar contribui para o planejamento do cuidado aos idosos. Esta avaliação pode ser feita através do genograma, que envolve a elaboração da árvore familiar, informações sobre a história de cada pessoa e a qualidade das relações familiares. O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição familiar de idosos cadastrados em uma Unidade de Saúde da Família-USF de um município paulista. Baseado nos pressupostos do método quantitativo de investigação, foram realizadas entrevistas individuais, domiciliárias confeccionando genogramas de 49 idosos (de agosto de 2006 a maio de 2007). Os cuidados éticos em pesquisa foram observados. A composição familiar é multigeracional para a maioria dos idosos, que era casada e morando com um filho adulto. A média foi de quatro pessoas por domicílio. O número médio de filhos por idoso foi 5,85. A doença mais citada foi hipertensão arterial. A maioria dos idosos relatou ligação normal com familiares. O genograma demonstrou ser um instrumento eficaz para avaliar a estrutura familiar de idosos de uma USF, podendo ser usado como mecanismo para melhorar o planejamento de serviços para esta população.
Save time & money - Smart Internet Solutions     

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona