Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Germinação de conídios de Sphaerotheca pannosa obtidos de eucalipto Conidial germination of Sphaerotheca pannosa collected from eucalyptus

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Maria D. D. Silva | Acelino C. Alfenas | Luiz A. Maffia | Edival A. V. Zauza

Journal: Fitopatologia Brasileira
ISSN 0100-4158

Volume: 28;
Issue: 6;
Start page: 674;
Date: 2003;
Original page

Keywords: Eucalyptus sp. | oídio | epidemiologia

ABSTRACT
Estudou-se a germinação de conídios de Sphaerotheca pannosa em diferentes meios-suporte sob diferentes regimes de umidade relativa, fotoperíodo e temperatura. Às 24 h da incubação, avaliou-se a germinação em ágar-água, lâmina de vidro e folha destacada, sob condições de câmara úmida. Não se constatou germinação de conídios em lâmina de vidro escavada, ou placas de Petri, na presença de água livre. A germinação do patógeno foi favorecida por umidade relativa próxima a 100%, fotoperíodo de 12 h, com exposição inicial à luz e temperaturas de 20 a 25 ºC.The conidial germination of Sphaerotheca pannosa was studied in different supporting media, under different levels of relative humidity (RH), photoperiod and temperature. At 24 h of incubation, conidial germination was assessed on water agar, glass slides and leaves of eucalyptus (Eucalyptus citriodora) kept in a moisture chamber. Conidial germination did not occur on slides or Petri dishes in the presence of free water. Optimum conidial germination was found at 20 and 25 ºC, 100% RH and with 12 h of initial light exposure.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?