Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Germination and seedlings development of the butterfly pea as influenced salinity Germinação e desenvolvimento de plântulas de cunhã em função da salinidade

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Claudio Mistura | Ana Elisa Oliveira dos Santos | Elizabeth Orika Ono | João Domingos Rodrigues | Mariana Barros de Almeida | Ana Júlia de Brito Araújo

Journal: Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal
ISSN 1519-9940

Volume: 12;
Issue: 2;
Date: 2011;
Original page

ABSTRACT
The Butterfly pea (Clitoria ternatea L.) has proven to be one of the forage species, among tropical legumes with potential for cultivation in the semiarid region, both for rotational grazing, protein bank, green forage, hay. In this context, this aimed evaluate the salt stress effects on germination and seedling vigor of the Butterfly pea. The work was conducted at the Seeds Laboratory and at the Nursery Department of Technology and Social Sciences, University of Bahia State, the city of Juazeiro State of Bahia, Brazil, from August to September 2009. . Seeds of Butterfly pea produced in the experimental field of Embrapa Semiarid in the city of Petrolina-PE were used. This study was led with the objective of evaluate the saline stress effect over germination and seedlings development of the butterfly pea. The experimental design was completely randomized, with seven solutions of NaCl, in the concentrations of electrical conductivity in water of the 0; 2; 4; 6; 8; 10 and 12dS/m with four repetitions. Salinity affects the germination parameters and vigor with different intensities. Therefore, the concentration incrase of NaCl interfere, on the process of germination and seedling development of the butterfly pea, with marked effects at 2 dS/m concentrations.A cunhã (Clitorea ternatea L.) tem demonstrado ser uma das espécies forrageiras, entre as leguminosas tropicais, com potencial de cultivo na região semiárida tanto para pastejos rotativos como para banco de proteína, forragem verde, feno. Nesse contexto, objetivou-se com o presente estudo avaliar os efeitos do estresse salino sobre a germinação e vigor de plântulas de cunhã. O experimento foi conduzido no Laboratório de Sementes e no viveiro do Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais da Universidade do Estado da Bahia, na cidade de Juazeiro no estado da Bahia-Brasil, no período de agosto a setembro de 2009. Foram utilizadas sementes de cunhã produzidas no campo experimental da Embrapa Semiárido, no município de Petrolina no estado de Pernambuco. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com sete soluções aquosas de NaCl, nas concentrações de condutividade elétrica em água de 0; 2; 4; 6; 8; 10 e 12dS/m com quatro repetições. A elevada concentração salina influencia na germinação da cunhã, que foi afetada com salinidade a partir de 2dS/m. A salinidade altera as características de germinação e vigor das plântulas com diferentes intensidades. De maneira geral, o aumento da concentração de NaCl interfere, de forma prejudicial no processo de germinação e desenvolvimento de plântulas de cunhã, com efeitos acentuados a partir da concentração de 2 dS/m.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Save time & money - Smart Internet Solutions