Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Gestão de risco cambial baseada no conceito de value-at-risk (VAR): uma aplicação em uma empresa não financeira

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Marco Antônio dos Santos Martins | Frederike Monika Budiner Mette | Guilherme Ribeiro de Macedo | Carla Renata Silva Leitão | Fernando Heineck Comiran

Journal: ConTexto (Porto Alegre)
ISSN 1676-6016

Volume: 11;
Issue: 19;
Start page: 89;
Date: 2011;
VIEW PDF   PDF DOWNLOAD PDF   Download PDF Original page

Keywords: Value-at-Risk-VaR | Operações de swap cambial | Empresas não financeiras

ABSTRACT
Nos últimos cinco anos, o Brasil experimentou um longo período de valorização do real frente ao dólar norte-americano, fazendo com que empresas não financeiras passassem a utilizar derivativos para gerenciar as suas exposições cambiais, seja como mecanismo de hedge ou de alavancagem. Tais operações são realizadas sem que ocorra o estabelecimento de uma política formal para a operação com derivativos, em que o estabelecimento de um limite na exposição máxima de risco poderia se constituir em um poderoso instrumento de governança corporativa. Dessa forma, o presente artigo tem por objetivo demonstrar uma proposta de política de gestão de risco cambial a partir da utilização do Value-at-Risk-VaR, específica para operações com derivativos em empresas não financeiras. Para isso, aplicou-se o modelo em uma série de retornos diários em reais por dólar (PTAX) composta por 1.132 observações, as quais compreendiam o período de 29/03/2004 a 30/09/2008. Posteriormente, para a estimação da volatilidade foi utilizado o modelo EGARCH (Exponential General Autoregressive Conditional Heteroskedastic). A estimação do VaR foi realizada em uma carteira de empréstimos com swap cambial de uma empresa não financeira do setor de autopeças localizada no Rio Grande do Sul, a qual possuía atividade de exportação e registro como companhia de capital aberto junto a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O VaR Cambial gerado pelo modelo EGARCH foi testado pela Simulação de Monte Carlo, onde demonstrou um alto grau de aderência do modelo.
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?