Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

GRAU DE SATISFAÇÃO PELO USO DO BALANCED SCORECARD NAS EMPRESAS GAÚCHAS

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Guth, S. C. | Motta, M. E. V. | Camargo, M. E. | Menegotto, M. L. A. | Pacheco, M. T. M.

Journal: Revista GEINTEC : Gestão, Inovação e Tecnologias
ISSN 2237-0722

Volume: 1;
Issue: 2;
Start page: 32;
Date: 2011;
Original page

Keywords: balanced scorecard | estratégia | resultados.

ABSTRACT
A avaliação do desempenho de uma organização deixou de ser apenas observado pelos resultados financeiros, que isolados não são suficientes para garantir que suas estratégias e objetivos sejam alcançados de forma sistêmica. O acirramento da competição exige das empresas modelos estratégicos e práticas gerenciais que torne seu negócio cada vez mais sustentável em longo prazo. Observando às limitações dos sistemas contábeis tradicionais, Robert Kaplan e David Norton criaram em 1992 o balanced scorecard. Inicialmente o utilizaram como um modelo de avaliação e desempenho empresarial, com o passar do tempo aplicaram em empresas, o que proporcionou seu desenvolvimento para uma metodologia de gestão, de tal forma que traduza visão e estratégia empresarial, com objetivos interligados, medidos através de indicadores de desempenho. A proposta deste trabalho é apresentar o retorno do balanced scorecard como instrumento de gestão em empresas gaúchas. Os dados foram coletados entre setembro e novembro de 2008, por meio de questionários enviados por correio eletrônico. Os resultados obtidos evidenciam que o retorno obtido com a utilização do balanced scorecard é positivo, mas, apresenta algumas ressalvas, na sua implantação e no entendimento desta estratégia por parte dos colaboradores da empresa
Affiliate Program      Why do you need a reservation system?