Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Influência da interação touro x rebanho na estimação da correlação entre efeitos genéticos direto e materno em bovinos da raça Nelore

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Eler Joanir Pereira | Ferraz José Bento Sterman | Golden Bruce Lowel | Pereira Evandro

Journal: Revista Brasileira de Zootecnia
ISSN 1516-3598

Volume: 29;
Issue: 6;
Start page: 1642;
Date: 2000;
Original page

Keywords: correlação genética | efeitos direto e materno | modelo animal

ABSTRACT
A interação touro x rebanho foi avaliada em uma população com 30.789 registros de animais da raça Nelore nascidos entre 1984 e 1994 em doze fazendas localizadas em três Estados do Sudeste e Centro-Oeste brasileiro, com um total de 48.495 animais no pedigree. As características consideradas foram os pesos ao nascer (PESNAS) e à desmama (PESDES) e o ganho de peso da desmama ao sobreano (GP345). O efeito da interação touro x rebanho foi considerado aleatório em modelos animais uni e bicaraterística, usando MTDFREML. Esse efeito foi importante para PESNAS (6% da variância fenotípica) e influenciou os componentes de variância e covariância e, conseqüentemente, os parâmetros genéticos. O efeito foi menor (cerca de 1% da variância fenotípica) para PESDES, mas alterou as estimativas dos componentes de variância e covariância. Para GP345, o efeito foi pequeno, embora significativo pelos verossimilhança. As correlações genéticas entre efeitos direto e materno são próximas de zero, ou até mesmo positivas, se a interação touro x rebanho for incluída no modelo, e sempre negativas se ela for omitida.

Tango Jona
Tangokurs Rapperswil-Jona

     Save time & money - Smart Internet Solutions