Academic Journals Database
Disseminating quality controlled scientific knowledge

Influência do tempo transcorrido entre a lesão do cólon e a síntese no processo de cicatrização

ADD TO MY LIST
 
Author(s): Biondo-Simões Maria de Lourdes Pessole | Greca Fernando Hintz | Ioshi Sergio | Menini Carla Martinez | El Tawil Imad Izat | Chin Eduardo Wei Kin | Stahalschmidt Fábio Lúcio | Sperandio Jr Carlos Augusto | Cebrian Cinthia Faraco Martinez

Journal: Acta Cirurgica Brasileira
ISSN 0102-8650

Volume: 15;
Issue: suppl.3;
Start page: 24;
Date: 2000;
Original page

Keywords: Cicatrização de feridas | Cólon | Colágeno

ABSTRACT
O tratamento das lesões do cólon têm se modificado com relação à escolha da técnica do reparo primário à colostomia e ao reparo secundário. Entre os fatores de risco para síntese primária está o tempo transcorrido. O objetivo deste estudo é avaliar as interferências do tempo transcorrido entre a feitura da lesão e a síntese, sobre o processo de cicatrização. Para isto utilizaram-se 80 ratos Wistar PUC-PR. Sob anestesia inalatória confeccionou-se uma lesão no cólon esquerdo compromentendo 50% da circunferência da intestinal. Após 12, 18 e 24 horas procedeu-se à síntese. Comparou-se estas colorrafias com as realizadas imediatamente após a lesão. Avaliaram-se as cicatrizes com 4 e 7 dias, verificando-se a existência de deiscências, a capacidade de suportar pressão e a síntese de colágeno. Registrou-se o óbito de 5 ratos. Encontrou-se peritonites nos 3 grupos de experimento que comparadas ao controle mostraram alta significância, para o grupo B (p=0,0018), para o C (p=0,0033) e para o D (p=0,000008)q Deiscências se fizeram presentes 19 vezes, tendo sido significante no grupo de 24 horas (p=0,000002). A quantidade de colágeno maturo (tipo I), no 4.º dia é semelhante ao controle no grupo de 12 e 18 horas e menor no grupo de 24 horas (p
Save time & money - Smart Internet Solutions      Why do you need a reservation system?